domingo, 26 de agosto de 2007

Quinta na Quinta

(US)
When I was young once I asked myself if I could make time go back and maybe fix things I did wrong that made mom upset, or maybe to find my little hot wheels car toys that I lost somewhere... well, today I figured out how to maybe turn things against the clock, or maybe to feel as the same. We grow up to absorb knowledge and when old, share to the young ones that will take care of things we once did, but sometimes we forget that not everything is written or calculated, some of the most important decisions are based on an almost-impulsive-based act, the gift and the feeling for the unpredictable, in most times they come together. I couldn’t go to the parks that I once when in US, but I went to one here in Brazil, that made me feel like I was a little child again, I felt that I broke the space-time, that I could go back, of course I didn’t…. I made better, I reinvented some of the world-perception thoughts that I had in my mind and nature helped me to remember that we today live, but tomorrow die, just make your life better everyday… feel like the world is only ours… like babies feel their moms with the touch of the fingers… and time? Maybe we shouldn’t be too worried with it, we invented it, we could ignore it… share the best in you… (picture credits to David Yves, Daniel Eleven and Gabriel Durus – brothers of my band and almost family)

(BR)
Quando eu era pequeno eu me perguntei se eu poderia fazer o tempo voltar e talvez evitasse que tinha feito mamãe ficar nervosa comigo ou achar meus carrinhos da Hot Wheels que havia perdido e que alguns até hoje não achei... bom, tenho a sensação que posso ter achado uma forma de fazer com que os ponteiros do relógio girassem contrariamente ou sentir como. Nós crescemos para absorver conhecimento e quando velhos, repassar para os jovens que ficariam nos nossos lugares, mas as vezes esquecemos que nem tudo pode ser calculado, as decisões mais importantes são baseadas num ato quase-impulsivo, o dom e o “feeling” para o imprevisível, na maioria dos casos estes vêm juntos. Não pude ir aos parque que um dia me deram felicidade como os dos EUA, porém fui a um no Brasil que me fez relembrar e até parar o relógio da minha vida, como se eu tivesse rompido com o espaço-tempo, que havia uma possibilidade de reverter o tempo, claro que não consegui... fiz melhor, eu reinventei alguns pensamentos e percepções que tinha de mundo e tive ajuda da natureza, vi que hoje vivemos, amanhã morremos, apenas faça sua vida melhor... como se o mundo fosse só nosso... como os bebês que sentem a mãe pelo mais suave toque dos dedos... o tempo? Talvez nos não deveríamos nos preocupar com ele, afinal de contas nós o inventamos, podemos ignora-lo... divida o que há melhor em você... (créditos de fotografia para David Yves, Daniel Eleven e Gabriel Durus – brothers da banda e quase família)

2 comentários:

AF disse...

po cara
no seu blogger só tem vc!!!
açoiaiopshaphsaupshaouihsa


tamo junto poser mór!
apojasoiasjpioasjioa

abraço!

Aparecida disse...

Em homenagem e diálogo as tuas belas divagações e tamanha sensibilidade, trago aqui versos que não são meus, que me dera, mas com os quais tb compartilho a sensibilidade e a doçura...

Presente e passado são meras convenções!
Tudo existe a um só tempo, agora!
Vc pode sentir, reviver, reinventar tudo, com tua sensibildade, com teu pensamento!

“Cada vez que tocamos algo na Natureza, causamos reverberações no resto do Universo” (John Muir)

Grande beijo, Marrie Quintana!

Oração ao tempo - Caetano Veloso
"És um senhor tão bonito quanto a cara do meu filho...
Tempo tempo tempo tempo, vou te fazer um pedido...
Tempo tempo tempo tempo...

Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos...
Tempo tempo tempo tempo, entro num acordo contigo...
Tempo tempo tempo tempo...

Por seres tão inventivo e pareceres contínuo,
Tempo tempo tempo tempo, és um dos deuses mais lindos...
Tempo tempo tempo tempo...

Que sejas ainda mais vivo no som do meu estribilho,
Tempo tempo tempo tempo: Ouve bem o que eu te digo
Tempo tempo tempo tempo...

Peço-te o prazer legítimo e o movimento preciso,
Tempo tempo tempo tempo, quando o tempo for propício...
Tempo tempo tempo tempo...


De modo que o meu espírito ganhe um brilho definido,
Tempo tempo tempo tempo, e eu espalhe benefícios...
Tempo tempo tempo tempo...

O que usaremos pra isso fica guardado em sigilo,
Tempo tempo tempo tempo, apenas contigo e migo...
Tempo tempo tempo tempo...

E quando eu tiver saído para fora do teu círculo,
Tempo tempo tempo tempo, não serei nem terás sido...
Tempo tempo tempo tempo...

Ainda assim acredito ser possível reunirmo-nos,
Tempo tempo tempo tempo, num outro nível de vínculo...
Tempo tempo tempo tempo...

Portanto peço-te aquilo e te ofereço elogios,
Tempo tempo tempo tempo, nas rimas do meu estilo...
Tempo tempo tempo tempo...
És um senhor tão bonito quanto a cara do meu filho...
Tempo tempo tempo tempo, vou te fazer um pedido...
Tempo tempo tempo tempo...

Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos...
Tempo tempo tempo tempo, entro num acordo contigo...
Tempo tempo tempo tempo...

Por seres tão inventivo e pareceres contínuo,
Tempo tempo tempo tempo, és um dos deuses mais lindos...
Tempo tempo tempo tempo...

Que sejas ainda mais vivo no som do meu estribilho,
Tempo tempo tempo tempo: Ouve bem o que eu te digo
Tempo tempo tempo tempo...

Peço-te o prazer legítimo e o movimento preciso,
Tempo tempo tempo tempo, quando o tempo for propício...
Tempo tempo tempo tempo...


De modo que o meu espírito ganhe um brilho definido,
Tempo tempo tempo tempo, e eu espalhe benefícios...
Tempo tempo tempo tempo...

O que usaremos pra isso fica guardado em sigilo,
Tempo tempo tempo tempo, apenas contigo e migo...
Tempo tempo tempo tempo...

E quando eu tiver saído para fora do teu círculo,
Tempo tempo tempo tempo, não serei nem terás sido...
Tempo tempo tempo tempo...

Ainda assim acredito ser possível reunirmo-nos,
Tempo tempo tempo tempo, num outro nível de vínculo...
Tempo tempo tempo tempo...

Portanto peço-te aquilo e te ofereço elogios,
Tempo tempo tempo tempo, nas rimas do meu estilo...
Tempo tempo tempo tempo..."